quarta-feira, dezembro 31, 2008

Gostos



Chamem-me antiquado mas entre os 50 anjos escolhidos pela Victoria's Secret (ver aqui e aqui), acho que a Laetitia Casta está muito bem.

Por cá nem por isso

Do Le Figaro:

«2008, une bonne année pour la BD

Confirmant son dynamisme, la production de BD a crû de 10 % en 2008 pour atteindre 4 746 titres. Elle a plus que triplé depuis 2000.

Les Français adulent leur héros de bande dessinée (BD). La place de numéro un des sorties en salle du film Largo Winch en est un des exemples. Le dynamisme du marché, qui caractérise une nouvelle fois l'année 2008, en est un autre. Selon le rapport annuel de l'Association des critiques et journalistes de bande dessinée (ACBD) publié mardi, 4 746 titres de BD ont été publiés cette année en France et dans l'espace francophone européen (Belgique et Suisse), soit une hausse de 10 % par rapport à 2007. Ce chiffre recouvre précisément 3 592 nouveautés, 821 rééditions, 271 recueils d'illustrations et 62 essais. Après treize années de hausse consécutive, la production a plus que triplé depuis l'an 2000. «La BD, dont la diversité des catalogues est un atout majeur, reste, avec la jeunesse, l'un des secteurs les plus dynamiques», souligne Gilles Ratier, secrétaire général de l'ACBD.

Cette diversité des catalogues se réalise toutefois dans un «marché mature, stable en chiffre d'affaires». S'il est trop tôt pour avancer le montant définitif des ventes cette année - près de 40 % des ventes de BD ayant lieu au cours des deux derniers mois -, les experts s'attendent à un chiffre d'affaires 2008 dans la lignée de celui de l'année dernière. Soit 320 millions d'euros (source Livres Hebdo/Ipsos) qui représentent environ 6,5 % de l'ensemble du marché de l'édition.»

terça-feira, dezembro 30, 2008

Tópico interessante no Blog do Brocas e comentário


O Brocas Vetus tem um interessante artigo sobre o PCP em 1931, que mereceu um comentário do AVP.

"O PCP além de ter herdado, sem consentimento, todo o histórico que os anarquistas portugueses deixaram, como a ideia da CGT, que publicou o jornal diário "A Batalha", orgão da confederação geral do trabalho, sindicato único anarquista, foi também o aliado que traiu o movimento anarquista em diversas ocasiões, antes e depois do golpe do 28 de Maio.

Lenine em 1931 já tinha acabado com todo o movimento revolucionário na Rússia, já desde 1911 tudo tinha saído da esfera revolucionária, com a saída de Kroptkine do soviete de Moscovo, por divergências sobre a não necessidade de implantação de ditadura do proletariado e pela questão da necessidade de acabar com o dinheiro, coisa que os "comunistas", nunca conseguiram implementar, isso e a liberdade.

Lenine foi o inventor do social-fascismo, porque copiou de Mussolini ideias trabalhistas e de capitalismo de estado corporativista, Staline foi o ditador que se seguiu e manteve a ideia do social-fascismo ditatorial, situando-o mais na imagem do chefe e no reforço da repressão com a criação duma polícia interna, a KGB e duma polícia externa, a Komintern, que vigiava e controlava todas as sucursais locais do PC da URSS, especialmente a secção Portuguesa e a Espanhola que chegou a mandar matar dissidentes do PCE do POUM, (Trotskista) e dos movimentos anarquistas espanhóis.
AV2"

domingo, dezembro 28, 2008

Mais exemplos

Do Diário de Notícias:

«Fábrica de ideias cria emprego em Óbidos
Em Óbidos está a nascer um 'cluster' para empresas de base tecnológica, que já garantiu 150 postos de trabalho. O Parque Tecnológico é um vértice do triângulo do desenvolvimento local, que passa pelo turismo e fixação de pessoas.»

Mas aqui era um problema, caso aparecessem ideias.
Ainda eram capazes de achar mal e querer exterminá-las.
Aqui é o império da bosta e do faz sempre o mesmo para não parecer mal.

Exemplos

«Barcelos baixa IMI em mais 9 por cento
Barcelos reduz taxa do IMI pelo segundo ano consecutivo»
«Câmara de Torres Novas baixa Imposto Municipal de Imóveis»

«PSD força Câmara a baixar IMI e Derrama para 200»

«Câmara baixa IMI e irs em Mortágua»
«LOULÉ baixa IMI»

«Câmara de São Brás de Alportel baixa taxas de IMI
»

sexta-feira, dezembro 26, 2008

Obrigados atrasados...

Mesmo a nós aqui do AVP? Obrigado, pá!!!

Do Portugal Diário:

«Sócrates promete ajuda a todos os portugueses»

Para ganhar as eleições este tipo até prometia ajudar os esquimós, os mugabes e os escaraminhões, caso eles votassem por cá.
A falta de vergonha em fato Armandinho, desculpem, Armani.

Será para moiteiros?

Do Jornal de Notícias:

«Cientistas criam chip para estimular prazer
Investigadores ingleses da Universidade de Oxford estão a desenvolver um chip electrónico que estimula a libido no interior do cérebro.»

É que por aqui não há qualquer falta de chip...

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Boas Festas, Kamaradas!

Musiquinha de Natal

Caiu do espaço



Atendendo à localização, ali bem juntinho à bomba de gasolina e tapando a Tristão da Cunha, faz-me lembrar o monólito que cai do espaço no início do filme 2001 - Odisseia no Espaço.
Mas em mais colorido.

Seria giro, se nos abstraíssemos da localização.

domingo, dezembro 21, 2008

A Luta Continua!!!



Estes tipos são o máximo...

Se eu acreditasse no Pai Natal...

... ainda acreditava que isto tinha ponta de salvação e que valeria a pena continuar a gastar boa parte do meu latim a tentar convencer alguém que vale a pena levar esta terra a sério.
Mas não.
Deixei de acreditar no Pai Natal há um par de anos atrás quando o vi um mês inteiro dependurado na janela do meu vizinho da frente.
E portanto não tenho grandes ilusões quanto ao futuro que se adivinha.
Já se percebeu que o presidente-pepsodent se anda a fazer a mais um mandato de almoços e jantares, que a aposentação chegou muito cedo e ele quer sentir-se activo e não só no coiso e tal, ifeiunouuóteaimin.
Os lobitos em ascensão continuam burritos como sempre foram e desistiram de mudar.
Os lobões continuam nas sombras a vigiar o rebanho e a abocanhar os melhores pedaços.
Lamento, mas isto está uma lástima e a motivação é escassa quando se olha para uma oposição que perdeu claramente a pedalada nos últimos meses.
Até aprece que precisam que a malta daqui os espevite.
Mas é verdade... andam um bocado à nora.
E isto continua feio como tudo, ao ponto de um tipo só pensar em pôr-se a milhas daqui e ainda nem choveu a sério.

Para 2009 já percebemos a táctica: a crise vai servir para todos. Os daqui vão culpar os de lá de cima e os de lá de cima vão culpar os de lá de fora.
A incompetência nunca é assumida.
Os daqui andaram aos tostões da banca, banca que anda aos tostões do Estado para manter o nível de vida dos seus grandes accionistas e administradores.
A verdade é que há momentos em que um tipo sente que isto é mesmo uma enorme choldra, aquela de que se fala já desde o século XIX.
E sinceramente o fastio por vezes bate forte, porque a vida não é só isto, a menos que o seja para quem não consegue ambicionar mais do que ser o maioral do cu de Judas.
Pode ser que ainda me anime com a chegada do Natal, mas só mesmo se em vez do velhote de barbas me aparecer uma Mamã Natal destas...

A todos um Santo Natal !

o AVP é um circo de dois palhaços e o Croquete anda a faltar com a sua prosa, por isso o Batatinha, apenas repisa os temas de sempre com a sua chatura anti-comunista e fascistóide pseudo-anarquista do costume, precisa de ser espicaçado é o que é, e quem faz isso melhor é o AV1, mas o trabalho também tem sido muito, digo trabalho, o que não tem nada a ver com ganhar dinheiro...

Por isso e porque estamos na época das férias o AVP vai fazer uma pausa até começos de 2009, estando no entanto aberto a colaborações externas que serão publicadas.

Precisamos de retemperar forças e ganhar energia para o ano de 2009, que se adivinha ser um "Anus Terribilis" e aqui a malta tem de ter o arsenal em condições para ajudar a rebentar com esta merda toda em que se tornou o concelho e este País de Sócretinos.

Um Santo Natal, são os votos do AV2, o vosso mais leal inimigo, cambada de coisos...

sexta-feira, dezembro 19, 2008

PS(b) Files


O Caso Santana.

Verde é a cor do dinheiro !


O Taylor quer é dinheiro, mais dinheiro, mais e mais, ele é verde por fora e por dentro, é da cor do dinheiro.
Façam qualquer coisa, ó Taylors Verdes, por exemplo trabalhar, melhor, sairem do seio do pai, do PCP e irem a votos...isso é que era, para acabarem duma vez e assim acabarem com lamúrias e tretas de conversas lamechas.

O PCP que se deslargue destes Verdes que só servem para nos chupar e lhes chupar o dinheiro e de ecologistas só têm o nome, porque nunca este Taylor falou nada sobre ecologia ou defesa da natureza, só quer mesmo é dinheiro.

terça-feira, dezembro 16, 2008

Já pensaram atirar-lhe sapatos?

Também do Jornal de Notícias:

«Protestos na recepção a José Sócrates
Trabalhadores do Seixal e do Barreiro receberam o primeiro-ministro, este domingo, com manifestações de protesto contra a política do Governo. A visita de José Sócrates incluiu a entrega de diplomas e a inauguração de um novo serviço da CP.
Foi com apupos, assobios e cartazes que cinco dezenas de trabalhadores das autarquias do Seixal, da Lusosider e do Arsenal do Alfeite esperaram o primeiro-ministro no centro de formação profissional do Seixal.»

Eu acho bem...

Do Jornal de Notícias:

«Jornalista que atirou sapatos a Bush pode ser condecorado»

Até que enfim...

Do Jornal de Negócios:

«BdP acusa três ex-presidentes e quatro antigos gestores do BCP
O Banco de Portugal decidiu acusar três antigos presidentes do Banco Comercial Português, quatro ex-administradores e dois directores da instituição ainda em funções na sequência das investigações às irregularidades cometidas por anteriores administrações. Também o próprio BCP é acusado pelo supervisor.»

Estava a ver que o soneca Constâncio não dava por nada...

segunda-feira, dezembro 15, 2008

A Mesquinhez da Esquerda Serôdia

O PS não é de esquerda, já foi... por isso nada pode opôr ou opinar sobre os conceitos ideológicos da esquerda.

O PCP, como partido de esquerda, está a cometer um erro grave, ao não reconhecer que um novo partido que ocupe o espectro político que vai da social democracia ao socialismo democrático é necessário.

A esquerda não se pode confinar ao Marxismo e ao Trotskismo e nem o PCP, nem o BE, fizeram essa abrangência ao comunismo libertário ou/e, à social-democracia.

Esse espectro ideológico está vago e pode ser ocupado por um partido ou movimento que abranja áreas não democráticas de cariz fascista-populista em que o carisma dos líderes e uma posição de anti-sistema podem criar as condições para eclodirem "salvadores" da Pátria.

O frentismo popular foi sempre apoiado históricamente pelos PCs, desde que eles o liderassem, mas neste momento histórico em que o capitalismo globalizante está a dar os últimos espasmos, a necessidade é de se encontrarem soluções não revolucionárias e não centralizadoras ou unificadoras para o estado. Isso já o fascismo e o social-fascismo fizeram sem resultados.

A tentativa de criação dum regime democrático alternativo baseado na Pátria e nos Portugueses é essencial para que se supere esta crise económica, mas sem haver uma condicionante puramente económica da sociedade.

O bem estar dos Portugueses, nas suas vertentes Social e o Cultural terão de ser os vectores principais dum governo que seja verdadeiramente Patriótico e que sirva primeiro os portugueses e os interesses da Pátria.

Finalmente !

Foram anos de espera, desde a eleição de Manuel Alegre para as presidenciais.

Poderá finalmente nascer um partido que ocupe o espectro eleitoral abandonado pelo PS, ideológicamente da esquerda social-democrata e socialista.

O PS o PSD e o CDS, tornaram-se um partido único.

O PCP está agarrado a teorias de economia de estado que fracassaram em todo o mundo.

O BE será concerteza o melhor aliado.

A esperança volta a Portugal !

sexta-feira, dezembro 12, 2008

A ditadura do proletariado é a ditadura dos mais espertos

O PCP esteve no poder na fatídica época do Vasco Gonçalves e mostrou que não está preparado para governar, pois no espaço de um ano acabou com o que Salazar tinha roubado durante 48 anos.

Os PCs não sabem gerir a riqueza acumulada e só na miséria sobrevivem, partem do princípio que o capitalismo é criado a partir da exploração do homem pelo homem, o que é verdade, mas ao contrário dos capitalistas que preservam o capital para se preservarem no poder, só pela revolução conseguiram chegar ao poder e depois de acabarem com as fortunas capitalistas acumuladas, têm de criar um sistema para se preservarem no poder, esse sistema não abdica nem do dinheiro nem do trabalho, abdica da livre iniciativa individual e tudo passa a trabalhar para um colectivo que como tudo o que é colectivo, há os que têm mais capacidades os que não têm capacidades. Os que não têm capacidades de trabalho ou de criação ou inventividade, faz paradoxalmente que geralmente sejam esses os chefes, porque têm mais lábia, pois a esperteza é baseada na incapacidade de se trabalhar o que leva a um treino intenso para se rentabilizar o trabalho dos outros em seu próprio proveito.

Geralmente a criação de um inimigo interno faz acabar com as oposições e criar a ditadura do "proletariado", que mais não é que a ditadura dos mais espertos sobre todos os outros. Numa democracia, mais tarde ou mais cedo esses canalhas são descobertos, mas num regime "comunista" perduram "ad eternum", até ser por sua vez derrubados ou acabam por desaparecer por inviabilidade económica.

No Chile o modelo de avaliação está a meter àgua

Os professores chilenos travam uma luta, há várias semanas, contra uma avaliação de desempenho que é igual à que o Governo de Sócrates quer impor aos professores portugueses.

Tal como os professores do nosso país, os docentes chilenos não dão tréguas a uma política educativa que promove o empobrecimento, aumenta a carga horária semanal e burocratiza as funções docentes. Os alunos chilenos, por sua vez, lutam, nas ruas e nas escolas, por vezes de forma violenta, contra a degradação da qualidade das escolas públicas.

Lá como cá, as políticas neoliberais contra a escola pública e os professores estão a ser conduzidas por dois partidos que se dizem socialistas.

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Forúm das Esquerdas

"Mais de 50 personalidades de esquerda, do PS, do Bloco de Esquerda e comunistas, subscrevem o apelo à participação no Fórum sobre Democracia e Serviços Públicos, domingo, em Lisboa. Na lista, hoje divulgada pela organização do fórum das esquerdas, estão deputados do PS como Manuel Alegre, Eugénia Alho, Júlia Caré e Teresa Portugal, mas também membros da Corrente Socialista, fundada por Alegre, como Elísio Estanque, Jorge Bateira, Nuno David e Jorge Martins."

Bom isto já me parece ser qualquer coisa, parece que o BE finalmente se posiciona para agrupar as esquerdas e reunir consenso para que se torne uma alternativa para governar.

É preciso que se organize uma viabilidade para Portugal, estas esquerdas parecem-me viáveis, visto que a esquerda representada pelo PCP é apenas retrógrada e assente em modelos sociais-fascistas.

E as direitas não farão nada de idêntico?

Penso que seria altura também de haver uma reunião de direitas sérias e que apresentassem uma renovação.

Os partidos actuais de direita já provaram que não servem, e como direita refiro-me ao PS, PSD, CDS-PP.

terça-feira, dezembro 09, 2008

A anedota foi tão boa que só agora acabei de rir...

De O Rio:

«CDU vota favoravelmente o PDM por dever ético e moral
(...)
“A Assembleia Municipal, ao aprovar hoje com os votos favoráveis da CDU a versão final do Plano Director Municipal – PDM, dá um passo que representa mais um marco histórico na grande e esplêndida caminhada de desenvolvimento do nosso concelho e, indubitavelmente, na vida dos nossos concidadãos.

Hoje, podemos dizê-lo, é dia de satisfação e orgulho para todos os munícipes em resultado do culminar, decorridos 10 anos, do processo de constituição do segundo PDM, o qual, com legitimidade indiscutível, reflecte e bem a estratégia política da CDU que, pela sua opção em defesa das populações, desde sempre confirmada nos sucessivos actos eleitorais, tem e continua a ter de forma expressiva e maioritariamente reforçada a confiança dos eleitores, que reconhecendo quem sempre tem trabalhado e transformado positivamente a nossa terra, concedem à CDU o poder de governar o concelho como meio de verem realizadas as suas justas aspirações de qualidade de vida e bem estar.»

Mas estas criaturas sabem exactamente o que querem dizer os conceitos de «Ética» e «Moral»?
Acham que são alguma coisa que se encontre no fundo de uma garrafa de visque, mesmo que seja daquele com 15 ou mais anos?
Mas esta gente emborcou absinto antes de escrever isto ou trata-se de um texto humorístico?

Ou já não há vergonha sequer?

A aprovação do PDM mais não passa do que a legitimação formal do completo desmando em que caiu este concelho, entregue à bicharada dos negócios comunalistas, com nome de comunista, mas prática de capitalista.
O mais selvagem.
Ao nível da China.
Neste momento é difícil encontrar maior manta de retalhos, na manta de retalhos que é a maior parte da margem sul, do que o concelho da Moita.
Mas eles estão orgulhosos da sua obra.
Fiquem com ela.
Neste momento, com tudo o que já foi destruído, aterrado, entulhado, terraplanado, já não há grande volta a dar.

Mas eles, como não têm outra teta que explorar, agarram-se a ela como do pão para a boca, incluindo o aposentado-pepsodent, que ainda não quer ir de vez para os algarves o ano todo.

este PDM é uma absoluta vergonha, que mesmo os juniores aprovam porque sabem que sem a mama da câmara moiteira não teriam onde cair mortos.
E, portanto, agarram-se aos empregozinhos, aos tachinhos, aos almocinhos e aos arranjinhos.
fecham os olhos, prometendo a si mesmos que um dia chegarão a mandar e farão melhor.
Mas já nada restará.

Tirando esta absoluta falta de pudor.

Dever ético e moral?

Nem que um contentor cheio de ética e moral vos atropelasse em pleno viaduto-montanha russa por cima do Modelo, vocês perceberiam o que isso é.

Blogosfera local

Companheiros e amigos (as)

“Ex-combatente em greve de fome por mais direitos”

São as novidades em:

http://dotejoaorovuma-cabel.blogspot.com

Um abraço

Carlos Vardasca

Isto sim é ké música com substãncia e mensagem!!!

Podia ser giro, mas não é, porque é triste

Do Diário de Notícias:

«Cheira a caril numa das saídas do Túnel do Marquês de Pombal
Vai para dois anos que três amigos indianos vivem ao relento

Vieram da Índia em busca de uma vida melhor. Para seu sustento, os três amigos já trabalharam em várias áreas - do corte de tabaco ao fabrico de cimento, nas obras. Já tiveram o visto de residência e já o deixaram caducar por falta de dinheiro para a renovação. E como "não ter papel, não ter trabalho", foram viver, não para de baixo da ponte, mas para dentro do túnel.

Vai para quase dois anos que os três imigrantes - de 34, 41 e 43 anos -, assentaram arraiais, na saída do Túnel do Marquês que desemboca na Av. António Augusto de Aguiar (ramal sem data marcada para abrir), em Lisboa. Enquanto tal não acontece, é lá que vivem na esperança de que o Governo olhe para eles e de recuperar a papelada para trabalhar. "Todos sabem e ninguém ajuda. Quando tivermos dinheiro, tratamos da renovação", explica ao DN, (num português difícil) um dos três homens, enquanto acende um fogareiro.»

Os Cromos de Portugal

Belo blogue a visitar e explorar condignamente.

Grécia a Ferro e Fogo !

Em Berlim, cerca de dez manifestantes ocuparam o Consulado da Grécia em protesto.

Na Grécia grassa a violência urbana já vai para três dias, esta noite foi a pior

A pergunta que se impõe é, para quando alastrará a Portugal. As condicionantes de corrupção, mentira, política anti-social, desemprego, destruição do ensino e da saúde pública e duma política autista e só virada para a defesa do grande capital, imposta por este governo fascista aos portugueses, merece uma resposta à altura, porque está visto que o governo não liga a manifestações de 120 000 portugueses ordeiras. Este governo só entende a violência, por isso a pergunta é:

Quanto mais têm os portugueses de aguentar, até que a Revolta exploda !

Veja aqui a Alter TV da Grécia em directo !

segunda-feira, dezembro 08, 2008

Minas de Aljustrel, última hora !

O Arre Macho, divulgou a notícia que um grupo capitalista ladrão, vai comprar as minas de Aljustrel, mas o AVP sabe que isso não se confirma, as minas foram compradas por um grupo Russo, que vai substituir os trabalhadores portugueses, sem qualidade, por trabalhadores Russos especializados e habituados à loucura do dia a dia, que é trabalhar nas minas.

Eis as declarações de um desses trabalhadores em exclusivo para o AVP.

Gajas Nuas !

Aqui hoje não encontram, mas podem tentar aqui.

AVP - TV



No glorioso Mundo Catita ensina-se a contar vacas de olhos fechados.

Isto sim, são computadores para a criançada se divertir...


´
Também conhecido por Magalhona.

sábado, dezembro 06, 2008

A Solução !

Eureka !

Encontrei a solução !


Descartando a ideia da lista da União Local Moiteira, em que os partidos da oposição abdicam a favor de uma lista única, coisa que parece ser inviável, parece-me que a solução passará por se apresentarem alternativas diferentes e líderes partidários que apresentem uma renovação na política local actual, por isso as minhas opções são as seguintes...


PCP: João Faim

BE: Rocha mais novo

PSD: Fernanda Velez

PS: Vitor Cabral


Estas quatro personalidades merecem para o AVP o beneficio da dúvida.


Claro que isto não será solução de espécie alguma, mas sem união da oposição são estas as melhores opções para estes partidos.


A tal lista independente, só o poderá ser, se se preencherem os seguintes requesitos:


1º-O Manuel Alegre sair do PS e criar um novo partido.


2º-Nesse partido haver a possibilidade da existência de apoio a listas independentes, nesse caso

a lista independente teria de ter personalidades de todos os partidos e seria assim a escolha do AVP.



(Actualmente os vereadores da maioria têm todos os pelouros que são muitos veja-se;


-João Manuel de Jesus Lobo (CDU)


Pelouros de:
• Departamento de Administração e Finanças• Departamento de Recursos Humanos• Divisão de Informação e Relações Públicas• Gabinete do Presidente• Gabinete de Apoio aos Órgãos Municipais• Gabinete de Informática e Telecomunicações• Gabinete Jurídico• Gabinete de Planeamento de Controlo e Actividades


-Rui Manuel Marques Garcia (CDU)


Pelouros de:
• Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística• Divisão de Actividades Económicas e Turismo• Gabinete de Monitorização e Cartografia


Vivina Maria Semedo Nunes (CDU)


Pelouros de:
• Departamento de Assuntos Sociais e Cultura• Gabinete da Juventude• Gabinete de Apoio ao Movimento Associativo


-Miguel Francisco Amoedo Canudo (CDU)



Pelouros de:
• Departamento de Obras Municipais e Equipamento Mecânico• Divisão de Fiscalização e Contra-Ordenações


-Carlos Alberto Picanço dos Santos (CDU)


Pelouros de:
• Departamento de Ambiente e Serviços Urbanos• Partido Médico Veterinário• Serviço Municipal de Protecção Civil


O AVP aventa a necessidade de divir para reinar

Presidente: Luís Morgado


Vice-Presidente: António Duro


Departamento de Administração e Finanças: Leonel Coelho


Departamento de Recursos Humanos: Fernanda Gaspar


Divisão de Informação e Relações Públicas: Alhos Vedros ao Poder !


Gabinete do Presidente: Taylor


Gabinete de Apoio aos Órgãos Municipais: Amigos do Mar


Gabinete de Informática e Telecomunicações:


Gabinete Jurídico• Gabinete de Planeamento de Controlo e Actividades


Gabinete da Juventude: Vitor Cabral


Departamento de Assuntos Sociais e Cultura: Luís Guerreiro


Gabinete de Apoio ao Movimento Associativo: Vitor Ribeiro


Departamento de Obras Municipais e Equipamento Mecânico: Luís Nascimento


Divisão de Fiscalização e Contra-Ordenações: Fernanda Velez


Departamento de Ambiente e Serviços Urbanos: Carlos Gonçalves


Departamento Médico Veterinário: (a estudar...)


Serviço Municipal de Protecção Civil: (estudando...)




sexta-feira, dezembro 05, 2008

PS(b) 75-30=45 vieram, os outros foram às compras...


Isto está mau para a maioria dos portugueses, mas com o ordenado de deputado ainda dá para fazer umas boas compras de Natal.

Lusa
"Nas votações de hoje poderia ter sido aprovado um projecto do CDS-PP que recomendava ao Governo a suspensão da avaliação dos professores, não fossem as ausências de deputados da oposição.
Como houve seis deputados do PS que votaram a favor ao lado da oposição, uma deputada do PS que se absteve e treze socialistas que faltaram, com mais 22 votos favoráveis o projecto do CDS-PP teria sido aprovado."




A estratégia do PSD é simplesmente abdicar de ser oposição por ausência física, ideológica e especialmente moral, pois o absentismo dentro desse suplemento do PS,oPS(b) é apenas uma forma bem explícita de dizer aos portugueses que não querem governar e que estão muito bem governados com o desgoverno fascista da união nacional-socialista.

quinta-feira, dezembro 04, 2008

CDU vota favoravelmente o PDM por dever ético e moral

É o que nos diz a maioria CDU na câmara.

Não faço mais comentários, estou farto e cansado de tanta hipocrisia, aqui e no País, começo a crer que esta "democracia" tem de acabar a mal.

AVP-Divulgação

A página sobre a Freguesia de Alhos Vedros, em http://aliusvetus.tp2p.com/ foi actualizada.

Adicionado, em Forum, uma area de discussão sobre o Palacete da Fonte da Prata.

http://aliusvetus.tp2p.com/content/palacetedafontedaprata0

Entre outros....passe por lá para constatar...

quarta-feira, dezembro 03, 2008

O filme a não perder...

A melhor anedota do ano, do século ou do milénio, até agora...

Do Público:

«José Sócrates: "famílias podem esperar melhor rendimento em 2009"»

Está achado o 5º gato tinhoso, desculpem-me lá, fedorento...

O AVP no Brasil



A Revista Zé Pereira, do Rio de Janeiro, Brasil, publicou as duas visões dos dois editores do AVP sobre o acordo e o desacordo ortográfico, visto que o AV2 acorda e o AV1 discorda...

O AVP agradece ao Zé José a publicação dos textos nesse conceituado Blog Carioca de grande divulgação da cultura do Rio e do Brasil.

Pode ver na revista, mas aqui estão os textos enviados:

"Comecemos pois com o texto a favor do acordo do AV2:

Que este acordo ortográfico seja eterno enquanto dure !

A realidade da língua portuguesa é que é mutável e mutante.
Miscegenada e misturada, em que o todo vale mais que as partes, mas as partes são por si um todo.

As partes da nossa língua portuguesa são os países que a falam, especialmente o Brasil, que em 1937 ainda escrevia desta maneira, mais afrancesada que portuguesa... Isto foi antes da revisão da ortografia feita de modo independente do português escrito em Portugal.

Formulário Ortográfico de 1943

"Insomnias

Segundo um jornal inglez descobriu-se um meio efficaz de combater a insomnia. dormindo-se a noite inteirou deliciosamente. Basta, para isso friccionar a cabeça com uma escova de roupa. O attrito dos cabellos da escova com os cabellos da cabeça, desenvolve certa electricidade productora do somno.
Para os que têm cabellos, o problema está resolvido. Mas para os carecas?

Revista-Vamos Ler, Rio de janeiro, 11 de Fevereiro de 1937."

Não admira que tenham ratificado sozinhos esta mudança de ortografia, porque
tenho a certeza que os Brasileiros em 1937 falavam o português da maneira gostosa com o falam até hoje, mas tinham de escrever desta maneira arcaica e cheia de letras em duplicado, que é um verdadeiro atrofio à liberdade expressiva e um cinto de castidade ortográfico do qual se tinha perdido a chave... como os portugueses ainda hoje o escrevem em muitos casos, por isso mesmo, não tendo havido acordo ortográfico entre Portugal e o Brasil em 1945, graças a Deus que o Brasil reformou a sua ortografia em 1943, simplificando a escrita. Portugal tardiamente vai reformar a ortografia e já não era sem tempo...

Quanto mais a língua falada se aproximar da língua escrita mais perfeito será o nosso idioma comum e mais universal se tomará, universal talvez não, mas galático certamente!

(O português com este acordo ortográfico, é uma língua já preparada para a comunicação com os extra terrestres, como muitos de vós já o sabeis)

Os outros países lusófonos, acabarão por aceitar o acordo ortográfico, como nós aceitamos muitas palavras novas africanas que enriqueceram o nosso léxico em Portugal como por exemplo: bué e maningue, que significam as duas, muito.

A língua portuguesa é por isso um património vivo de que todos os seus utilizadores, que, para mais de 220 milhões, contribuem para o seu enriquecimento constante.

O português PT, BR etc. na sua vertente diversificada na escrita, não faz por isso sentido, mas faz todo o sentido na sua oralidade diversificada, nos regionalismos verbais e literários que acrescentam riqueza ao português global. Ninguém põe em causa a liberdade de se falar ou escrever a língua comum portuguesa conforme os seus utilizadores o queiram e implantando-lhe ou supimindo-lhe o que bem entenderem.

A simplificação da escrita é por isso necessária para a evolução do português e para que cada vez maningue, seja mais falada e escrita no mundo.

Isso é que será bué da fixe.

Viva pois o acordo ortográfico e que seja eterno enquanto dure!

AV2

O AV1, só para contrariar, envia a sua opinião sobre o acordo, estando ele em desacordo com o acordo:

Se há Acordo Ortográfico eu sou contra!


Primeiro que tudo, porque gosto de estar contra é bom e sabe melhor. Estar contra tem qualquer coisa de mais prazenteiro e evoca algo com um aroma de sensualidade, que me desculpem os maus pudicos. Mente perversa, eu sei, mas estar contra alguém, desculpem, algo, dá um pouco de tesão só de pensar. Quero dizer, penso eu que sou assim do contra e gosto de estar contra.
Mas há coisa mais sem jeito que um Acordo ortográfico, mesmo para se estar contra ou de encontro, que é o contrário, não o parecendo?
Haver até haverá, mas não foi isso que aqui me encomendaram.
Aqui disseram-me para explicar porque estou contra o Acordo Ortográfico e eu aproveito.
Estou contra o Acordo Ortográfico porque é coisa de Língua e sendo coisa de língua eu gosto de estar contra a menos que seja língua que venha de encontro à minha. Nesse caso sou a favor e até muito. Mas aqui não bem de encontro, vai-se afastando, o que é pena.
E afastando-se estou contra.
Não gosto que as palavras minhas velhas conhecidas se transformem sem ser eu a decidir isso. Não gosto que o ótimo perca o seu pê que é uma letra que muito estimo e não quero ver perdida.
E na acção perdendo o cê, perde-se aquele encaixezinho ali no meio da palavra que parecem quase dois amantes enroscadinhos por entre os lençóis. Ação é coisa solitária, não gosto, a menos que seja muito necessária em virtude de carência extrema. Em podendo quero ter acção, assim a dois.
E também não gosto que palavras amigas percam seu chapéuzinho contra sol e intempéries, em especial o pêlo que sem seu ê fica um pouco pelado de mais para mim. Pêlo que queira ser pêlo não pode ser pelo.
Já me faz alguma espécie que a minha língua fique arranhando duplos erres, sem um tracinho pelo meio, e seja obrigado a escreve autorrádio, ou que cicie duplos esses sem necessidade nos autosserviços.
Sou bicho de costumes, não gosto deste tipo de novidades.
E não venham com as razões económicas ou econômicas que isso então não pega mesmo. Não gosto que o prazer da língua obedeça a cifrão, seja ele qual for. Prazer deve ser livre e usado como bem entenda o prazenteiro linguarudo. Prazer de língua não tem preço, por isso não quero saber se fica mais barato ou mais caro. Quase quebra minha erecção, ou será simples ereção?, e meu afecto fica diminuído em afeto podendo tornar dececionante o que poderia ser decepcionante, que é coisa bem mais composta.
E assim é, o Acordo Ortográfico não me é querido e, pensando bem, é coisa que me desprazenteia como poucas. Porque invencionar palavras deve ser coisa livre e não decretada por despacho de gente engomada. Palavra é coisa séria quando não é divertida, inesperada, surpreendente assim mesmo com dois és. Palavra deve ser coisa que baila na boca quando apetece, não assunto de Estado discutido por inteletual com falta de c. C de cecso, está mais que visto.

AV1"

Viva a Greve dos Professores !


Que esta greve seja o começo do fim deste governo de fascistas e que se generalize por todos os sectores até à queda do governo !

Os professores estão a mostrar que são a classe mais organizada e que melhor sabe combater as políticas fascistas deste governo anti-patriótico, são um exemplo para as outras classes de como se deve combater o governo e todos temos de aprender com eles.
O poder de mobilização da classe dos professores passa muito além da força sindical, passa pela organização de base, com um meio de comunicação interactivo que são os Blogues sobre educação, o que realmente faz organizar o movimento e a dimensioná-lo de maneira discutida e prática.

Todos os outros portugueses que se sentem ameaçados, devem seguir este exemplo, na função pública, nos sectores privados e nas micro e pequenas empresas e criar força reeinvicativa dentro ou fora dos sindicatos.

Que se prepare dede já uma greve geral nacional agrupando todos os sectores profissionais que este governo tem tentado destruir e que este movimento consiga que essa greve geral pare o País o tempo que for necessário até que este governo caía.

terça-feira, dezembro 02, 2008

A Ética de P.Kropotkine

"A Ética é o nome da última obra de P.Kropotkine, a obra à qual ele consagrou as suas forças, durante os últimos anos da sua vida, e na qual ele via o coroamento do seu edifício teórico, filosófico e sociológico. Talvez as opiniões professadas por Pedro Kropotkine, nesta sua obra, surpreendam e perturbem alguns dos seus leitores, ou seja, aqueles que esperavam do teórico da anarquia uma ética de carácter individualista.
Contudo, Kropotkine baseia a sua moral no indivíduo, na sua própria natureza, física e psíquica; repudiando, quer os princípios religiosos, quer as entidades metafísicas, ele chega à conclusão de que a moral não possui uma origem supra-humana.
Mas, qual é a parte do ser humano que, em sua opinião, constitui a base e a causa principal da moral?
É o seu INSTINTO SOCIAL natural, que com os seus mesmos derivados superiores : simpatia do indivíduo humano pelos seus semelhantes, solidariedade, apoio-mútuo, sentimento de justiça, generosidade e abnegação, constituem o conteúdo de toda a moral.
Este conjunto de sentimentos e instintos é, para Pedro Kropotkine, inerente ao homem, como o é a própria vida social."

Continua aqui...

Anarquismo x "Comunismo"


Na minha opinião, Pedro Kropotkine é mais importante para o movimento libertário do que Bakunine, chegou a participar no primeiro governo saído da revolução russa, mas logo o abandonou por divergências insanáveis com os sociais-democratas bolcheviques, a que Lenine tinha mudado à pouco tempo o nome para partido comunista da Rússia.

A verdade é que o PCP, foi beber aos Maximalistas e aos Anarquistas portugueses que na época da I república, tinham a maior força entre os trabalhadores e intelectuais, editavam diáriamente um jornal libertário, "A Batalha" e dominavam a CGT, Confederação Geral do Trabalho, cujo lema era Pão e Liberdade.

O PCP veio por isso apanhar o que restava desse grande movimento anarquista português do princípio do séc. XX e destruir-lhe a ideia libertária, aniquilando-o no processo, devido a erros estratégicos dos anarquistas, por se terem unido aos "comunistas" em lutas em que nunca se deveriam ter unido.

Na Espanha depois, durante a guerra civil, os "comunistas" espanhóis fizeram o mesmo aos anarquistas, chegando a haver fuzilamentos de camaradas anarquistas por parte dos "comunistas".

A lição está aprendida, nunca os anarquistas se podem unir a pseudo-comunistas apologistas de ditaduras e colectivismos onde uma elite detem os poderes totais.

AV2

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Manifesto Anti-Sócrates

Viva a Restauração da Independência !

No glorioso dia 1 de Dezembro de 1640, Portugal recuperou a independência, escorraçando os espanhóis da nossa Pátria. Agora há novas tentativas de voltarmos a esses dias tenebrosos em que era obrigatório escrever em Castelhano e em Português, como o governo iberista actualmente nos quer obrigar, e que conta com apoiantes de peso literário, mas nenhum peso patriótico, como o porco ibérico Saramago.
É tempo de escorraçar de novo estes iberistas da nossa Pátria e restaurarmos a dignidade e o orgulho de sermos Portugueses.

Viva a Liberdade !
Viva Portugal !
Morte aos iberistas !

A Restauração Da Independência
View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: iv 1640)

domingo, novembro 30, 2008

O PCP é a reacção !

O PCP continua a ter como modelos a China, a Coreia do Norte e Cuba.

O PCP representa modelos de social-fascismo ultrapassados e centralizadores da economia em que o capitalismo de estado tudo domina.

O PCP representa a reacção ao modelo social em que a liberdade individual é esmagada por valores colectivos e corporativistas de estado, modelos onde não existem sindicatos livres, onde não existe liberdade de expressão e onde a ideia de felicidade é seguir os grandes líderes e os pais do povo, que tudo sabem e tudo controlam.

O povo não precisa de pais, precisa é de pão e liberdade !

O verdadeiro comunismo libertário acredita na capacidade do indivíduo e que os bens colectivos têm de ser distribuídos por todos, acredita na livre iniciativa desde que não implique lucro e acredita na espécie humana onde não haja chefes ou líderes e em que a única lei é a da livre associação de cidadãos por interesses comuns.

A substituição do capitalismo privado pelo capitalismo de estado foi tentada pelo fascismo e continua a ser a pedra de toque do PCP, que demonstra assim continuar a ser um partido que defende o social-fascismo e a ditadura dos iluminados marxistas sobre o resto do povo, como se fossem uma elite, por seguirem as teorias que se revelaram todas falhadas, na União Soviética e satélites, restando à China, por falta de imaginação ou de coragem apenas vergar-se à realidade pragmática de "desenvolvimento", anti-humano e explorador desenfreado das riquezas naturais até à exaustão, virar-se para o modelo capitalista selvagem para superar a miséria que existiu nesses países e que existe agora na Coreia do Norte ou em Cuba.

O pior inimigo do povo é o "comunismo" ditatorial.

AV2

sábado, novembro 29, 2008

Banqueiros Doadores de Cavaco-A Lista


Tantos beneméritos doadores de milhares de Euros, para ajudar o pobre Cavaco a vencer as eleições e agora nos governar tão bem em conjunto com o santinho do Sócrates.
Por isso é que andamos tão felizes e satisfeitos de viver em Portugal, pena aquele bom homem do BPN estar preso, mas não tarda nada volta a estar em liberdade, para poder de novo doar dinheirinho para o Cavaco ser de novo eleito e o Sócrates também.

AVP cheio de espírito natalício.

sexta-feira, novembro 28, 2008

AVP Musical



Soa-me demasiado a Primal Scream, mas não é mau.

It feels like a dejá vu...

Eleitoralismo?

Do Sol:

«Câmaras baixam impostos em 2009
Mais de metade dos 25 maiores municípios vai baixar o Imposto Municipal sobre Imóveis em 2009, ano de eleições autárquicas. Esta é uma tendência contrária à registada nos últimos três anos.»

Vamos criar um banco?

Do Diário de Notícias:

«Ajuda da banca ao Privado com garantia do Estado»

É que se formos nós a levar op orçamento familiar à falência ninguém nos acode com uns milhares de euros, mas se for um banco podemos sempre enterrar centenas de milhões de euros.

Acham que funciona com a Gaspar?

Do Jornal de Notícias:

«Software faz pessoas mais bonitas»

Estava eu preocupado em não postar nada...

... há dois dias, quando percebi que a tertúlia amoitada está perfeitamente comatosa.
É que já lá não ia há tanto tempo que nem sabia que eles não gostavam do Obama.
Se fossemos nós éramos racistas.
Como são eles...

Agora que o Orçamento de Estado foi aprovado...

... veremos a qualidade de vida do país elevar-se a píncaros estratosféricos nunca vistos.
Se havia por aí inteligentes a dizer que o Orlçamento de Estado era a peça que faltava para o desenvolvimento do país, vou ali sentar-me um bocadito e ver o desenvolvimento a irromper que nem cogumelos em ervinha molhada.

(notícia do Público)

Agora que o PDM foi aprovado...

... veremos a qualidade de vida do concelho elevar-se a píncaros estratosféricos nunca vistos.
Se havia por aí inteligentes a dizer que o PDM era a peça que faltava para o desenvolvimento do concelho, vou ali sentar-me um bocadito e ver o desenvolvimento a irromper que nem cogumelos em ervinha molhada.

Acho que pelo Penteado há quem aprove.
Passei ali esta semana e aquilo está mesmo muito desenvolvido.
Até já andam a alcatroar e tudo onde convém.

Carta a Gonçalves

Ao Senhor Presidente da Assembleia Municipal da Moita, Joaquim Martins Gonçalves
A/c do seu Gabinete de Apoio ou do Gabinete de Apoio da Assembleia Municipal da Moita
ouna sua falta,
A/c do Gabinete de Apoio do Senhor Presidente da Câmara Municipal da Moita
Exmºs Senhores, Senhoras,
No Portal da Câmara, em http://www.cm-moita.pt/pt/conteudos/assembleia+municipal/documentos/deliberacoes/, as notícias mais frescas e recentes sobre Deliberações da Assembleia Municipal da Moita reportam-se a Setembro de 2008.
Veja-se Deliberações de 26 de Setembro 2008
É uma tristeza que as Sessões da Assembleia Municipal da Moita de Outubro, e nomeadamente a importante Sessão de 21 Nov '08, ainda não contenham qualquer referência no Portal da CM Moita, que assim mais parece um Jornal do Séc. XIX, do que um Portal WEB do Séc. XXI.
Enfim...
Nesta circunstância, peço-vos por favor que me enviem Notícia e eventual Comunicado ou Nota à população e à comunicação social sobre Deliberações da Assembleia Municipal da Moita na sua Sessão de 21 Nov '08, com a maior urgência que os vossos Serviços e a estrutura administrativa da Câmara da Moita forem capazes.
Na expectativa da vossa comunicação Email, com o ou os Anexos pedidos, agradeço
Cordialmente
26 Nov '08
antónio manuel da silva ângelo
Munícipe da Moita

quarta-feira, novembro 26, 2008

Lobomanias


Obrigado ao camarada que nos enviou a imagem.

Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) 2

Isto percebi:

"Deve também a Assembleia Municipal de acordo com o Código do IMI (artº 112º do DL 287/2003) majorar (aumentar) até 30% a taxa aplicável a prédios urbanos degradados, considerando-se como tais os que, face ao seu estado de conservação, não cumpram satisfatoriamente a sua função ou façam perigar a segurança de pessoas e bens. Para desincentivar os proprietários de deixarem ao abandono o edificado,

Moita, 21 de Novembro de 2008-11-20 Os Autarcas do Bloco de Esquerda"

Mas esta proposta que é perfeitamente lógica, porque se se restaurarem as antigas casas que estão a cair nos centros históricos, passa a haver vida no centro das vilas e o comércio local pode funcionar, evitando-se assim que as periferias continuem infinitamente, criando bairros satélite, enquanto os centros históricos ruiem... isto o PCP votou contra...

Não deveria ser exactamente o contrário, ou sou eu que estou ao contrário e a maioria PCP local é que está certa ?

Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI)

Para que raio serve este imposto ?
Estou-me referir a esta taxa...
As pessoas pagam as casas, fazem a sua manutenção, pagam os condomínios, porque têm de pagar então mais este imposto ?
Se as casas são mais antigas então ainda têm de pagar mais imposto ?
Algo me escapa, não consigo entender.
Será que é para comprarem casas novas, em vez de casas mais antigas ?
"Na passada sexta-feira, dia 21 de Novembro, a Assembleia Municipal da Moita aprovou a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis nos valores de 0,7 % para edifícios antigos e 0,4 % para edifícios novos"

terça-feira, novembro 25, 2008

Quantas vezes?

  • É preciso escrever que achamos que o concelho se está a tornar o cu de Judas de uma zona que tem, cada vez menos, pontos de interesse em termos de património natural e histórico?
  • É preciso escrever que o PDM é a rendição do poder político à estratégia da betonagem de má qualidade que interessa a alguns privados?
  • É preciso escrever que os vultos do poder moiteiro e amoitado só andam a tratar da sua vidinha e do seu partido e pouco do interesse público?
  • É preciso escrever que à Oposição local falta claramente quem tenha capacidade de congregar uma forte aliança contra os interesses instalados?
É que a certa altura temos de convir que se torna chato e repetitivo escrever as mesmas coisas, por isso há que ganhar fôlego, ir à nossa vida, tratar de outras coisas, limpar a cabeça e ganhar coragem para voltar a meter as teclas no lameiro da situação local.
Alguém não percebe que, a certa altura, até nós estamos fartos de tamanha burrice que nem dá gozo satirizá-la?

A parvoíce é livre no AVP

Ao que parece há quem ainda não tenha conseguido convencer-se de que no AVP não há apenas um escriba e que o pessoal se reveza conforme as possibilidades.
Apesar de não concordarmos em tudo, e tirando questões que cada um gosta de assinar como suas, somos solidários com os bitaites do outro, mesmo quando disparatamos.
Seja sobre política.
Seja com imagens de gajas, mais ou menos explícitas.
Agora há uma coisa básica: o AVP é um projecto nosso, com todos os defeitos e qualidades poucas.
Por isso não adianta, de tanto em tanto tempo, aparecer alguém a dizer que é desta que é o nosso declínio.
Até pode ser.
Mas estão aí 5 anos de postagem regular, audiências crescentes e irritação permanente de alguns para provar que ainda estamos viçosos.

Querem material sério e profundo: procurem em todos os blogues situacionistas, moiteiros e amoitados, que nasceram e morreram por aí sem que ninguém lhes sinta a falta.
Querem que comecemos já a apontar caminhos para as eleições de 2009, com sapientes prosas? É cedo!
Querem que sejamos nós a apresentar candidaturas? Não é essa a nossa missão, porque do tacho comem os outros.

Aqui o pessoal está numa de aligeirar as coisas e não de andar à cata de um D. Sebastião para salvar uma oposição local em busca de um testa de ferro improvável.
Aqui o que estamos interessados é em chatear regularmente o poder moiteiro e o presidente-pepsodente, sempre que eles merecem ser chateados com coisas novas.

Ora a realidade local é desinteressante até à medula nos dias que correm.
O apodrecimento da situação é visível. Assim como a permanência dos vícios.
Incomoda-lhes a Sónia Brazão?
Então comprem o Avante ou o Acção Socialista ou o Povo Livre que não nos importamos.
Admirem as beldades dos vossos partidos e não se chateiem, nem nos chateiem.

Aqui no AVP exerce-se a liberdade plena do direito ao disparate por entre coisas sérias.
É a nossa marca de água.

Não gostam?
Arranjem um blogue vosso, visto por mais do que 3 intelectualóides da pseudo-esquerda.

domingo, novembro 23, 2008

Sónia Brazão na GQ




Depois das fotos da Marta Leite Castro, é a vez da Sónia Brazão fazer com que a GQ seja a única revista masculina a valer a pena comprar nos últimos meses.
A rapariga está muito bem por fora, mesmo que esteja algo desarranjada por dentro.
E como neste caso o exterior é que conta - aqui somos misóginos inveterados e fotos femininas são objectivamente objectos - não quero saber do resto.

sábado, novembro 22, 2008

A Esperança é a última coisa a morrer...

De Vitórias em Votação a Votação, até à Derrota Final...

A Maioria pode fazer tudo, ora essa, se têm a maioria, podem.
Isto é a ditadura das maiorias, que vemos no governo nacional e aqui na secção local da Moita dessa política comum.

O PCP local é uma cópia a preto e branco de baixa definição do governo Sócretino.

Os Vereadores da CDU podem votar no que quiserem, desde que votem sempre no que o João Lobo e o Rui Garcia, lhes disserem para votar.

Os deputados da Assembleia Municipal da CDU podem votar no que quiserem desde que votem sempre no que o João Lobo e o Rui Garcia, lhes disserem para votar.

Tanta gente e tão poucas pessoas...

Assembleia Municipal da Moita de 21 Nov '08:

Projecto ilegal e nulo do novo PDM da Moita foi aprovado !

com 19 votos favoráveis PCP/VERDES/CDU

vs. 13 votos contra PS/BE/PSD/CDS/MPT

Estrondosa vitória pírrica da maioria política e eticamente derrotada !
____________________________________________________________
Por: Movimento Cívico Várzea da Moita

A maioria dos Membros da Assembleia Municipal da Moita (AMM), composta por todos os eleitos nas Listas CDU, e propostos pelo Partido Comunista Português/PCP e pelo Partido Ecologista os Verdes/PEV, assegurou sexta-feira 21 Nov '08 na AMM uma estrondosa vitória, ao votar em bloco de 19 vozes contra 13 da oposição, e assim aprovando o Projecto de novo PDM da Moita.

A oposição na AM Moita é composta por eleitos nas Listas do Partido Socialista (PS), Bloco de Esquerda (BE), e Coligação Construir o Futuro - Partido Social Democrata (PSD), Centro Democrático Social (CDS-PP) e Movimento Partido da Terra (MPT).

Ao longo dos debates verificou-se clara e objectivamente ter-se tratado de uma vitória da maioria de facto política e eticamente derrotada.

Com efeito, os argumentos dos vencedores foram de uma debilidade, inverdade, ilegalidade, pobreza, confusão e logro político atrozes. Apenas visaram esconder o facto amplamente demonstrado e que tem sido constatado pelos mais diversos sectores e entidades, a saber, que o Projecto de PDM aprovado é o PDM da aliança na Moita entre o PCP e as grandes Empresas e Empresários da especulação financeira e urbanística, contra as populações, contra o solo rural e contra o solo ambientaslmente protegido, e a favor de milhares e milhares de novas casinhas de tijolo e betão, em zonas de muito alcatrão, polvilhadas de dezenas de parques logísticos, tudo às moscas.

Por isso, o seu estrondoso êxito pareceu a muitos dos presentes ser mais um estertor político e uma estonteante vitória pírrica, sem grande motivo para contentamentos dos vencedores.

Prevê-se ser esta mas uma vitória, a seguir a outras vitórias dos Eleitos do PCP local que todos os dias aqui atraiçoam o programa, a história e a cultura desse seu Partido, no caminho certo para a sua derrota ética e política total na Moita.

De notar que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional – Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) enviou à Câmara Municipal da Moita a 10 Nov '08 um Parecer, ao abrigo das suas competências legais, onde enumerou dezenas de violações, desconformidades e inadequações do Projecto de novo PDM da Moita, face a numerosas Leis e face a outros instrumentos de gestão do território, eficazes e de nível superior.

No termo do seu Parecer, que retomou em síntese os pontos de um outro Parecer de CCDR-LVT de 11 Julho '08 exactamente na mesma linha, a CCDR-LVT avisou os responsáveis da CM Moita para o facto de se tratar de um Parecer "desfavorável", que acompanhará o envio do Projecto de PDM da Moita ora aprovado pela AM Moita para a apreciação pelo Governo, com pedido de apreciação governamental para efeitos de ratificação ou não ratificação, a suscitação da CCDR-LVT.

No final desse seu Parecer de 10 Nov '08, a CCDR-LVT alertou solenemente a CM da Moita para o disposto nos artºs 101º[1] e 102º[2] do DL 380/99, na sua redacção actual[3], caso o PDM fosse aprovado em desconformidade com o PROT-AML.

Antes, no dito documento, a CCDR-LVT escrevera que a Proposta de Revisão do PDM da Moita revela desconformidade com Instrumento de Gestão Territorial eficaz – especificamente com a Rede Ecológica Metropolitana (REM) do Plano Regional de Ordenamento do Território da Área Metropolitana de Lisboa (PROT-AML), nas áreas de programação P1-06 e P1-27, bem como nas UOPG 1, 2 e 3".

Este aviso da CCDR-LVT foi ignorado pelos representantes da CM da Moita e pela maioria CDU na AM da Moita na noite de 21Nov '08.

No início dos trabalhos, Rui Garcia, Vice-Presidente da Câmara teve o arrojo de dizer à Assembleia, em substância, que "o Projecto de PDM respeitava o PROT-AML".

E o Presidente da Assembleia Municipal da Moita (AMM), Joaquim Martins Gonçalves, iniciou os trabalhos falando de um só lapso e de uma só desconformidade (por lapso) entre o Projecto de PDM e a lei e outros instrumentos de gestão territorial eficazes.

O mote para o logro e a inverdade estava dado.

De notar que a lei determina a invalidade dos planos directores municipais em determinadas circunstâncias.

Esclarece a Lei serem nulos os planos elaborados e aprovados em violação de qualquer instrumento de gestão territorial com o qual devessem ser compatíveis ou conformes.

Para tal pode ver-se os artºs 101º[4] e 102º[5] do DL 380/99, na sua redacção actual[6].

Para saber mais, visite-se por favor A aprovação final global do Projecto de novo PDM da Moita pela maioria silenciosa do PCP na Moita é 1 acto nulo, pelo Artº 102º do DL 380/99 de 22 Set
(Notícia em construção. Versão 1.0 das 13HH de 22 Set '08)

22 Nov '08

Movimento Cívico Várzea da Moita

Contactos: ant silv ângelo a.silva.angelo@gmail.com e Várzea da moita varzeamoita@gmail.com

Telefone de contacto:96 5 80 96 75

Saber mais em Um Por Todos, Todos por Um

sexta-feira, novembro 21, 2008

Porque Citamos Jesus Cristo...



...é porque a Alexandra Solnado, não era a minha representante.

Jesus Cristo
Franchising AVP

Declarações que me fazem acreditar de novo na espécie humana.


"Procurem nos blogues do Barreiro, vão ver quanto se divertem e aprendem"

A Lagartinha de Alhos Vedros a partir de agora é intocável, salvo seja, apenas no sentido de ofensas exteriores.

Declaro a Lagartinha de Alhos Vedros património do AVP, diga o que disser este ser humano é bonito e comoveu-me até às lágrimas pela pureza de sentimentos, por isso pode dizer o que quiser !

Um grande bem haja à Lagartinha de Alhos Vedros e obrigado por me ter feito de novo voltar a sentir pertencente à espécie humana.

AV2, isto é a sério.

quinta-feira, novembro 20, 2008

Cai Fora Cara !


The Twilight Zone Moiteira


António Duro, Vitor Mendes e Manuel Madeira serão a santissíma trindade da União Independente dos Dependentes Desunidos, que irá no futuro conquistar o poder moiteiro. E viveremos felizes para sempre, nos dois meses que vai durar esta união geral moiteira depois da grande vitória da União que aglomerará, o PS1, PS2, PS3, PCP, PCP-R, PSD1, PSD2, PSD3, PSD Madeira, PSD Açores, PSD Algarve, PSD VNGaia, PSD-BPN, BE, UDP, PSR, MRPP e o MAD, Manuel Alegre Dependentes e o MAI, Manuel Alegre Independentes.
A grande obra do regime desta união será um campo de aterragem para paraquedistas, parapentes, parapsicólogos, paramédicos e paralém da realidade entraremos na TWILIGHT ZONE !

quarta-feira, novembro 19, 2008

Ganda MEC



Depois de, na Sábado, ter confessado como torrou a mioleira durante os anos 90 com álcool, anfetaminas e coca, pondo a nu os podres que fizeram o funcionamento do Independente, agora é a vez de mais uma grande entrevista em que o velho MEC quase parece estar de volta, mais desabrido e directo.

Citações a reter em revista literária:


«O meu mal é ter uma curiosidade de puta»

«(...) as pessoas juntam-se nas festas e lambem o cu umas às outras»

Quem fala assim merece ser admirado.

AVP-BD de ocasião



A 3 euros, 3 histórias de 3 fases bem diferente do Victor Mesquita é uma verdadeira benção.

Mas que mal fizemos nós...

... para ter uma Oposição deste calibre, sem perceber onde começa o disparate e acaba a ironoa.
Manuela Ferreira Leite, na pior das hipóteses, deve conhecer pelo menos o humor dos Parodiantes de Lisboa e é obrigada a saber que há parvoíces que não se dizem.

“Sem a Democracia põe-se tudo na ordem”
É uma autêntica tempestade política. A ironia da líder do PSD sobre a suspensão da Democracia em Portugal por seis meses mereceu ontem críticas de todos os quadrantes políticos, incómodo interno e, por fim, um esclarecimento do secretário-geral do partido, Marques Guedes.
A polémica começou ao almoço, quando Manuela Ferreira Leite foi questionada na Câmara de Comércio luso-americana sobre o que mudaria na reforma da Justiça. Defendendo as classes profissionais, Ferreira Leite respondeu com ironia: 'Quando não se está em Democracia é outra conversa, eu digo como é que é e faz-se. E até não sei se a certa altura não é bom haver seis meses sem Democracia, mete-se tudo na ordem e depois então venha a Democracia.'

Não é que eu fosse votar no PSD mas, de qualquer maneira, haveria quem fosse, roubando votos do centro ao PS mas que assim deve pensar que mais vale entregar-se nos braços de qualquer um do que votar nesta santa senhora.
Porque se, à essquerda, a expansão do PS está dominada, no centro-direita isto só desajuda.

Reacções a este último parecer da CCDR-LVT

Caros Amigos
Vizinhos
Bom dia

O doc da CCDRLVt (que tem inconsequências e contradições internas graves, e que revela subliminarmente debilidades sensíveis e falhas gravíssimas na actuação em todo este processo por parte da CTA, da CNREN e por consequência da própria CCDRLVT), é legalmente mortífero para João Lobo, Rui Garcia, para as Empresas e Empresários ligados à CM Moita e seus Projecto de PDM e Protocolos. E por ser legalmente mortífero para a Direcção política da CM Moita, é também é políticamente mortífero para ela, e para a maioria que a suporta.
Chegadas as coisas onde chegaram, é a morte política do PDM de João Lobo, Rui Garcia, para as Empresas e Empresários ligados à CM Moita, e com a morte política do PDM virá por arrasto a derrocada política dos seus responsáveis. Mesmo que ainda tentem um qualquer estertor sexta 21 Nov '08 na Ass Municip da Moita. O doc da CCDRLVT é um documento não classificado, cuja divulgação inclusivé antes da Ass Mun de 21 Nov é não só importante, mas mesmo crucial.
Basta de secretismos que a população não compreende, e que até julga poderem esconder mau trabalho, trabalho insuficiente ou preguiça total sem trabalho nenhum, como os registados aparentemente nos processos IGAL e MP/PJ. A prova em contrário ainda está por verificar.
Sobre as inconsequências internas graves do doc da CCDRLVT (que não reduzem as responsabilidades da CMM, nem aligeiram a razia nos propósito de João Lobo, Rui Garcia e Cª), daremos conta delas a seu tempo, em 24 a 48 HH.

O Movimento Cívico Várzea da Moita convidará em nota à Comunicação Social as Senhoras e os Senhores Jornalistas para uma Reunião, onde divulgará a sua posição sobre estes factos e sobre a Ass Municipal de 21 Nov.

Essa Reunião com a Comunicação Social ocorrerá na Moita, na tarde de sexta 21 Nov, às 16HH. Cordialmente, ant silv ângelo19Nov '08

http://umportodostodosporum.blogspot.com/2008/07/nova-carta-ao-primeiro-ministro.html

Parecer da CCDR-LVT-22 de Setembro de 2008



















Alterações à Revisão do PDM da Moita








Nova proposta da CMM




Projecto de Revisão do Plano Director Municipal da Moita, avaliação e ponderação da discussão públicas quanto às alterações introduzidas pela Assembleia Municipal na sua sessão realizada nos dias 17 de julho e 25 de Julho de 2008

Parecer do CCDR sobre Versão Definitiva da Revisão do PDM, Moita-25 de Julho de 2008







Parecer do CCDR sobre Versão definitiva da Revisão do Plano Director Municipal da Moita, quanto às alterações introduzidas pela Assembleia Municipal na sua sessão realizada no dia 25 de Julho de 2008

Versão Definitiva da Revisão do PDM, Moita-25 de Julho de 2008




Versão definitiva da Revisão do Plano Director Municipal da Moita, quanto às alterações introduzidas pela Assembleia Municipal na sua sessão realizada no dia 25 de Julho de 2008

terça-feira, novembro 18, 2008

Futorologia Política-A Sinistra cairá amanhã, o mais tardar até ao fim de semana...

...mas a política sobre a educação continuará na sua sanha destrutiva do ensino público, continuará, pois o PS continuará no governo.

Não tenho dúvidas sobre a necessidade do governo sócretino ter de recuar um passo, mas assim que o movimento dos professores acalmar, avançará dois passos na sua intenção de reduzir os alunos a imbecis e os professores a meros executores de estatísticas positivas para a UE ver.

A Sinistra é um mero peão que pode ser jogado e outro se seguirá. O mérito dos melhores alunos e dos melhores professores é que periga, com este modelo de avaliação e com as passagens admnistrativas.

É por isso necessário uma escola pública que prestigie os professores e que encorage os alunos a serem melhores alunos, incentivando e premiando os melhores, pois Portugal precisa é de qualidade e não de falsas estatísticas para enganar a UE e para nos enganar a nós todos.

Estava com saudades de abandalhar isto!