quinta-feira, maio 22, 2008

Mais notícias sobre a remodelação da Linha do Sado

Aqui, no Setúbal na Rede, aparecem as declarações de João Lobo sobre as remodelações que a REFER vaí efectuar nomeadamente no apeadeiro da Baixa da Banheira.


"...No que diz respeito às alterações na freguesia da Baixa da Banheira, o presidente de câmara avalia “num conceito global como positivo”, mesmo que “no início tenha impactos negativos”. O encerramento da passagem de nível no centro “retira o trânsito quase todo da área” mas Fernando Valente, presidente da junta de freguesia, classifica de “benéfico, porque o espaço sempre foi mais pedonal”. Fernando Valente informa que, “na reunião com a população, não foi apresentada nenhuma reclamação sobre estas alterações” e classifica como único aspecto negativo “o atraso de quatro anos na concretização das obras”.

Fernando Valente avança igualmente que, em conjunto com a câmara municipal da Moita, “vai começar a ser estudado um novo plano de acessibilidades” que serão incluídas na nova urbanização que “vai nascer junto da nova ponte” e que são encaradas pelos autarcas como “uma mais-valia para a região”.

Júlio Costa - 03-04-2008 01:50 "

3 comentários:

Anónimo disse...

Pois, pois, urbanizações e acessibilidades todas a pensar no fácil acesso ao MODELO!

Boicote às eleições autárquicas no concelho disse...

Quando é que a população d concelho da Moita em geral e da baixa da Banheira em particular se capacita que o PCP-CDU e a sua gestão municipal são uma catástrofe e uma negociata permanente com os urbanizadores, estando-se nas tintas para a qualidade de vida das suas populações? Já viram as acessibilidades? os espaços verdes? os espaços para depósito de lixos (lixeiras na maior parte dos sítios), o trânsito,o estacionamento, os acessos? Enfim, a falta de condições urbanas de vida com um mínimo qualidade. Povo do concelho da Moita vamos boicotar as eleições próximas, se os outros não inspiram confiança vote-se em branco, será o maior sinal de desagrado com este lixo de gente que nos governa.

Anónimo disse...

Como é possivel dizer que "os outros não expiram confiança" se nunca estiveram na gestão do concelho.
Só se julga quem se pode julgar!! E quem se pode julgar? são trinta e alguns anos a destruir o concelho que neste caso é o PCP+VERDES=CDU.
Com intolerancia,e incompetencia total dos dinheiros publicos em prol de interesses pessoais.
E destruição de patrimonio.
Divida a longo prazo, quem paga!seremos todos nós contribuintes.