segunda-feira, julho 16, 2007

Saramago o Primeiro Porco Ibérico


O espanhol nóbelizado, José Saramago, ganhou destacado o primeiro lugar na "Galeria do Porco Ibérico", ao Mário Lino que agora passou para o segundo lugar, devido à sem vergonha dos argumentos anti-patrióticos deste militante do partido internacionalista PCP.
O josé Saramago pode desde já contar com a luta armada da facção Nacionalista Libertária do AVP, para combater a entrega de Portugal aos espanhóis, porque dez ETAS nascerão aqui em Portugal para acabar com os seus devaneios senis de integração ibérica.
Eis o resumo do texto de Saramago, publicado no DN de hoje:

"Portugal deveria tornar-se uma província de Espanha
O prémio Nobel português José Saramago defende, numa entrevista publicada hoje no Diário de Notícias, que Portugal deveria tornar-se uma província de Espanha e integrar um país que passaria a chamar-se Ibéria para não ofender «os brios» dos portugueses. O escritor, que reside há 14 anos na ilha espanhola de Lanzarote, considera que Portugal, «com 10 milhões de habitantes», teria «tudo a ganhar em desenvolvimento» se houvesse uma «integração territorial, administrativa e estrutural» com Espanha.
Portugal tornar-se ia assim, sugere o Nobel português, mais uma província de Espanha: «Já temos a Andaluzia, a Catalunha, o País Basco, a Galiza, Castilla La Mancha e tínhamos Portugal».
«Provavelmente (Espanha) teria de mudar de nome e passar a chamar-se Ibéria. Se Espanha ofende os nossos brios, era uma questão a negociar», disse o escritor, membro do Partido Comunista Português desde 1986.
Questionado sobre a possível reacção dos portugueses a esta proposta, Saramago disse acreditar que aceitariam a integração, desde que fosse explicada: «não é uma cedência nem acabar com um país, continuaria de outra maneira. (...) Não se deixaria de falar, de pensar e sentir em português». Na visão do escritor, Portugal não passaria a ser governado por Espanha, passaria a haver representantes de ambos os países num mesmo parlamento e, tal como acontece com as autonomias espanholas, Portugal teria também o seu próprio parlamento.
Numa entrevista de quatro páginas ao Diário de Notícias, José Saramago diz que em Agosto começa a escrever um novo livro e fala também da sua fundação, recentemente constituída, que deverá «intervir social e culturalmente, preocupar-se com o meio ambiente e outras questões», além de promover o trabalho do escritor.
A Fundação José Saramago, que será presidida pela mulher do escritor, terá sede em Lisboa e prolongamentos em Lanzarote, na terra do escritor, Azinhaga, e na terra de Pilar, Castril.
Diário Digital/Lusa"

9 comentários:

Anónimo disse...

Não sei bem porquê,mas faz-me lembrar a história de Miguel de Vasconcelos.


http://pt.wikipedia.org/wiki/Miguel_de_Vasconcelos

Anónimo disse...

De momento apenas estou abalado que um portugues possa pensar desta maneira sobre o desenvolvimento de portugal.
Nao acredite nas capacidades de nós portugueses,muito triste me deixa estas declaracoes deste senhor.
Nao se trata de ser espanha ou seja o país que for mas sim o pensamento ou mesmo o sonho que tal precise de acontecer pelo mero interesse económico.
Espero que nao venha a concorrer a belem,mas por outro lado eu gostava de ver o que dava uma sondagem sobre o tema só para eu ter a certeza que nao estou sozinho neste pais de vira casacas.

Anónimo disse...

Premio porco nao. É mais é jamon serrano.
Eheheheheh.......!!!!!
Deixa nos em paz sarampomalgado.
Nao escreves um livro de jeito,estás senil,fodes uma espanhola e agora até já tens ideias de merda,foda-se porque nao á uniao com marrocos,já agora.

NC anonimo disse...

essa de marrocos agrada-me...

AV disse...

Caramarada co-editor,
O homem casou-se hoje - com apenas 167 anos - com a espanhola Pilar Del Rio.
Não consegues fazer uma montagem com o alegre casal e uma série de bacorinhos ibéricos?

Já que eras para ir de férias, mas afinal?
;)

AV1

AV disse...

Camarada, manda as fotos para eu ver, as férias são já, já a seguir...

AV2

Hermano disse...

A dinamarca também devia inserir-se na suécia, a belgica na frança ou outro, a holanda na alemanha, a lituania na russia, assim como todos os países indenpendentistas russos, a europa toda unida e chamada Europa, a fica toda unida e chamada Africa tal como todos os continentes.
Assim já não haveria problemas como nos países "pequenos" como o brasil africa do sul, angola, EUA, Russia, India, China etc. Pensado bem era melhor unir a terra toda e chama-la TERRA.

oliude disse...

Caros amigos, é a chamada às armas. Contem comigo para a facção de guerrilha à espanholada.

文章 disse...

餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ